O fascínio da tecnologia

Março 1, 2011

Após algum tempo de hibernação sem por aqui escrever, eis que a vontade de (re)equilibrar vence a inércia e a atenção dispersa. Não é que desta prosa resulte algum valor revolucionário ou sequer revelador. Bem, pelo menos é contestatário. É por isso que escrevo: para vincar o que me parece evidente, embora insistentemente ignorado.

Há palavras que me assolam com frequência. Ilusão é uma dessas privilegiadas, ou não vivêssemos todos – sem excepção – em permanente ilusão!? Bem, talvez existam excepções – quem consiga viver em permanente iluminação ou nirvana! Vivemos iludidos, do princípio ao fim. Porque não assumir e aceitar esta evidente ilusão? Por mim, gosto de assumir as ilusões que consistentemente se me apresentam credíveis. Esta é apenas uma delas.

Modas. Também são ilusões. Cada época tem as suas. Nesta, a tecnologia é a moda. Vivemos numa época de fascínio pela tecnologia. Convencemos e deixamo-nos convencer que a tecnologia é salvadora, que resolve todos os problemas, que agora é que é… ou vai ser… Engano. E-n-g-a-n-o. A tecnologia não muda nada. Não muda nada de substancial. Mas a tecnologia é impressionante. É poderosa. É (ou pode ser) catalisadora. Facilita. Torna mais rápido e mais fácil. Em alguns casos, torna possível. Eu gosto de tecnologia(s). Mas não nos deixemos fascinar por ela(s). Não mudarão nada [de relevante] se nós não mudarmos primeiro.


The conversation prism

Abril 27, 2010

The conversation prism: uma abordagem interessante e inovadora da web 2.0. http://theconversationprism.com/1024/ Primeiro contacto a partir daqui http://ow.ly/1Dytl


Descoberta falha nos cartões “chip and pin”

Fevereiro 17, 2010

Há muito sabemos que os cartões de crédito (ou débito) de banda magnética são vulneráveis. Foi com o objectivo de tornar mais seguros os pagamentos electrónicos através de cartões que se desenvolveram as tecnologias de chip. Agora, uma equipa da Universidade de Cambridge descobriu que a tecnologia utilizada actualmente, designada por chip and pin, contém uma vulnerabilidade que pode ser facilmente explorada. Com um cartão falso ligado a um cartão “roubado” através de um sistema electrónico que inclui um computador (ver figura) é possível efectuar pagamentos mesmo sem saber o PIN correcto.

Nos cartões como em tudo, convém não esquecer que a segurança é um processo, não um objectivo.

A reportagem da BBC está disponível aqui.


iTablet

Janeiro 27, 2010

A Apple, pela voz de Steve Jobs, deverá fazer hoje às 18 horas aquela que poderá ser a sua grande revelação do ano. Trata-se do iTablet, um  tablet pc (ou um netbook sem teclado) que reúne num único dispositivo um portátil, um telemóvel, uma consola de jogos e um leitor de livros electrónicos. Não há garantias de que o nome oficial seja iTablet. Há apostas para iTablet, iPad ou iSlate. O preço deverá situar-se entre os 800 e os 1000 dólares.

Isoladamente parece não trazer nada de revolucionário. No entanto, juntando várias funções num único dispositivo, associadas a um design e a uma interface minimalistas, funcional e intuitivo – valores que têm caracterizado os produtos da Apple -, poderá revelar-se um factor de mudança nos hábitos sociais e no uso dado à tecnologia. A ocorrer, a chave desta mudança não estará apenas no dispositivo, mas antes na [expectável] inovação no acesso a conteúdos como livros ou jornais. A ocorrer, a grande inovação estará no papel desempenhado pelo iTablet: intermediário entre os produtores de conteúdos e o consumidor.


Nexus One

Janeiro 6, 2010

Quando a google decide lançar um novo produto convém ver do que se trata. Neste caso, não só convém ver do que se trata mas observar em detalhe, ou não estivéssemos a falar da entrada da Google no mercado dos equipamentos de comunicação móvel. Este smartphone será com certeza mais um passo importante no caminho da Internet always on, com os serviços que utilizamos no computador [realmente] acessíveis a partir de qualquer lugar.

Foi uma entrada preparada há algum tempo através do sistema operativo Android, que já vai na versão 2.1 – a incluída neste telefone. Não é, portanto, o primeiro telemóvel com o sistema da google. Mas é o primeiro que se assume em pleno, sem medos e com vontade de enfrentar pesos pesados como o consolidado iPhone.

O modelo de comercialização também é inovador. Pode ser adquirido a partir daqui, embora não ainda em Portugal.

Neste telefone 3G fabricado pela HTC, de entre as características técnicas destaca-se o processador Qualcomm QSD 8250 1 GHz, o sistema AGPS, a câmara de 5 MP e o sistema speech-to-text que permite ditar texto para escrever um email ou enviar mensagens no twitter.


MG2: Magalhães 2 a 22

Outubro 17, 2009

magalhaes2pqEle está aí à espreita.

O MG2, nome de código para a segunda versão do computador Magalhães, prepara-se para entrar no mercado nacional no primeiro minuto de dia 22. (Parece que já começam aqui os problemas, digo, bugs. Então não devia ser no minuto 2? – pergunto eu.)

As novidades e as veleidades sobre o MG2, segundo o Jornal de Negócios:

Dentro de uma semana, chega ao mercado o MG2, a nova versão do computador Magalhães. O MG2 vem equipado com o novo sistema operativo da Microsoft, o Windows 7, em Português. 

No dia 22 de Outubro, vai ser lançada a nova versão do computador Magalhães, o MG2, produzido pela empresa JP Sá Couto

Em comunicado a empresa refere que a nova versão do Magalhães “apoia-se em três pilares fundamentais: ‘para aprender mais’, ‘para descobrir mais’ e ‘para estar mais perto'”.

O MG2 vem equipado com novo sistema operativo da Microsoft, o Windows 7, em Português e pode ser adquirido por 329 euros ou 399 euros se for a edição especial.

Ena pá! Com direito a edição especial e tudo.


Future designer laptop

Outubro 6, 2009

No futuro serão assim os computadores portáteis?