Reforços mais credíveis

Acerca da Gripe A, mas não só, pois estas medidas deveriam ser prática comum nas escolas, fico mais optimista com esta notícia do Correio da Manhã:

Escolas gastam seis milhões contra a gripe

As medidas de prevenção e o combate ao vírus H1N1 nas escolas portuguesas vão custar ao Ministério da Educação, este ano lectivo, cerca de seis milhões de euros.
Fonte do Gabinete de Gestão Financeira do Ministério disse ao CM que as previsões apontam para um gasto médio de 4 mil euros por cada um dos cerca de 1200 agrupamentos de escolas.
Aos 4,8 milhões gastos em kits de prevenção para as salas de aula, gel antibacteriano, desinfectante, pulverizadores, máscaras e luvas, deve somar-se 1,2 milhões em obras de adaptação, acções de formação e trabalho suplementar. É que, além de as casas de banho das escolas terem de passar a ser limpas pelo menos quatro vezes por dia, em todos os intervalos terão de ser desinfectados os corrimões e os puxadores das portas.

Há muito que isto era necessário, até pelos efeitos pedagógicos que tem.

Resta esperar para ver.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: