A escola não ensina

Começo por me contradizer – a escola ensina. E começo por aqui para evitar generalizações. Fica o reparo. A escola ensina, ensina muitas coisas, mas deixa outras por ensinar. Até hoje, a escola ainda não aprendeu a ensinar como se utiliza um telemóvel. A escola não tem de ensinar tudo, mas isto tem! O telemóvel invadiu a escola e ela não o pôde, nem deve – na minha opinião -, mandar embora. Por isso, só tem um caminho: ensinar a utilizá-lo.

A discussão é antiga no interior das escolas. Desde o início da massificação dos telemóveis, há pouco mais de uma década, que os professores procuram encontrar soluções para conviver (ou não) com estes objectos dentro da sala de aula. Até hoje, o melhor que se conseguiu foi a proibição. Proibição que, a maior parte das vezes, não é eficaz. Nada que se estranhe. Afinal, neste país, se a maior parte das leis (e regulamentos) não são cumpridos, porque o seria a mera proibição de utilizar um objecto desta importância para todos!

Para além dos conhecidos casos da escola Carolina Michaelis e da arma de plástico na escola do Cerco, aparece agora uma nova polémica com uma professora da escola EB 2/3 Sá Couto em Espinho. São apenas exemplos tornados públicos. Alguém duvida que ocorrem diariamente centenas de casos onde os telemóveis são personagens centrais?

Nestes três exemplos o telemóvel foi útil. Qual teria sido o caminho destes casos sem a exposição pública? Preocupantes são as situações que desconhecemos. Não estou com isto a defender o uso indiscriminado de telemóveis nem a exposição pública de toda e qualquer aula. Estou, antes, a mostrar que muita coisa não funciona, sendo a mais evidente o ensinar [e aprender] a usar um telemóvel.

Saber usar um telemóvel não passa apenas por conhecer todas as potencialidades do dito, conhecendo e tirando partido de cada uma das opções e extensões disponíveis. Mais importante do que isso é dominar aquilo a que chamaria as competências sociais do uso de telemóveis. Refiro-me a saber quando ter o telefone ligado, quando tê-lo em silêncio, quando e como fazer chamadas, quando e como enviar mensagens, quando e como usar a câmera, quando e como usar o mp3 ou gravador de voz, quando usar a calculadora, quando usar a aplicação x ou y, quando tê-lo guardado ou à vista de todos…

Apenas uma ou duas ilustrações… Se, numa aula prática, for necessário tirar uma fotografia para um qualquer trabalho, porque não recorrer a um telemóvel que certamente estará ali à mão?  Se for preciso gravar a leitura de um poema para reproduzir mais tarde, porque não utilizar o gravador de voz? Isto não significa falar ao telemóvel, atender ou fazer chamadas… Isto é, acima de tudo, bom senso e sentido prático.

Observo diariamente que todas estas competências são muito mal dominadas. Aliás, não são ensinadas nem aprendidas. E não tenhamos tabus, alguns professores também não as dominam. Tal como não é admissível para um aluno, também não o é para um professor, que toque o telemóvel no decorrer de uma aula. E não me venham com a desculpa dos casos urgentes e que é preciso estar contactável! Este é o tipo de competência que só se aprende pelo exemplo. Não adianta debitar regras se no dia-a-dia elas não são cumpridas por quem as debita. Mas nem isso, estas regras nem sequer são debitadas. Quanto muito, há escolas onde o regulamento interno proibe o uso de telemóveis. Quando muito, há escolas onde o regulamento é lido no início do ano lectivo e nunca mais se fala nele.

O mundo é complexo, os telemóveis são complexos, e as pessoas são complexas. Ainda não se percebeu isso? Ainda não se percebeu que estas proibições politicamente correctas não resolvem nada? Educação e exemplo. Educação e exemplo são o caminho.

O tempo das fórmulas simples e mágicas acabou há muito!

Anúncios

3 Responses to A escola não ensina

  1. Sónia Duarte diz:

    Muito bem! É que a escola devia educar (não só ensinar) e não só os alunos…

  2. A Rodrigues diz:

    5/5
    Nem uma única virgula a acrescentar.

    Isto lembra-me de novo a história dos Role Models.

  3. garden diz:

    Hi there, I discovered your blog via Google while searching
    for a comparable subject, your website got here up, it appears great.
    I have bookmarked it in my google bookmarks.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: