O microscópio

Com o meu agradecimento à Sílvia pela sugestão e pelo empréstimo, deixo aqui uma citação sobre “O eterno”, retirada da página 59 do livro, de Gonçalo M. Tavares, “O Senhor Henri”.

… mais um copo de absinto, por favor – pediu.

… hoje, por exemplo, vou falar-vos do microscópio.

… o microscópio é um instrumento inventado para fazer grandes as coisas pequenas, enquanto os políticos são instrumentos inventados para fazer pequenas as coisas grandes.

Anúncios

8 Responses to O microscópio

  1. Sílvia B. diz:

    Não tens nada que agradecer, é um prazer! E, já agora, vai um copo de absinto? 😉

  2. João Sá diz:

    É muito forte para o meu [desejável] equilíbrio! 🙂
    Não tinha sido proibido?

  3. A Rodrigues diz:

    O Absinto nunca foi proibido em Portugal, Espanha, Reino Unido, Suécia e Republica Checa.
    Nos restantes países da Europa houve restrição à sua venda, mas não à sua produção.
    Depois de desmistificados os efeitos do Absinto este voltou a ser comercializado na maioria dos países europeus.
    Trouxe uma garrafinha do verdadeiro Absinto da Republica Checa com 70°, já que por aqui só permitem a venda com 40°.
    Como é bom com uma colher de açúcar a arder segundo a tradição boémia.
    Já agora, meio cálice de Absinto e não necessitas de microscópio para ver as grandezas das coisas pequenas.

  4. João Sá diz:

    Sobre a realidade… ainda de “O Senhor Henri”


    … é verdade que se um homem misturar absinto com a realidade fica com uma realidade melhor.
    … mas também é certo que se um homem misturar absinto com a realidade fica com um absinto pior.
    … muito cedo tomei as opções essenciais que há a tomar na vida – disse o senhor Henri.
    … nunca misturei o absinto com a realidade para não piorar a qualidade do absinto.

  5. A Rodrigues diz:

    A Rodrigues likes this 😉

  6. Sónia Duarte diz:

    Este post fez-me lembrar outra história de microscópios: “La lengua de las mariposas” – um texto de Manuel Rivas, adaptado ao cinema por Rafael Azcona. É também um dos meus referentes para o que deve ser a relação professor/aluno. O momento que me veio à memória está aqui (a partir do minuto 7:58′):

  7. João Sá diz:

    Uma bonita homenagem aos professores. Até gostei mais do “antes” minuto 7:58. 🙂

  8. Sónia Duarte diz:

    É verdade não é o melhor momento, mas era aquele que fez o “clique” com o teu post…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: