Jaguar

A propósito deste meu post, onde referi a comparação que a ministra da educação fez entre os alunos e os automóveis da marca Jaguar, ouço agora um excelente relato de Fernando Alves no programa Sinais da TSF sobre a mesma infeliz comparação.

A ouvir:

7 respostas a Jaguar

  1. Sónia Duarte diz:

    Nessa “linha de montagem” qual será o nosso papel como professores/educadores: o de detectar “artigos com defeito” (pouco pontuais, pouco obedientes, pouco cumpridores, pouco disciplinados…)?

  2. João Sá diz:

    Acho que não. A existência de artigos com defeito será negada: se assim fosse os pais ficariam susceptibilizados, o mundo perfeito desabava, e os votos evaporavam.

    A “matéria-prima” é perfeita (como o ouro ou diamante mais puros), o artigo de primeira, os “operários” é que poderão ser incompetentes e… tendencialmente substituídos por máquinas muito mais precisas e obedientes.

  3. Sónia Duarte diz:

    Já imagino as crianças com uma tatuagem com uns dizeres semelhantes aos dos envelopes das provas de exame: “verificado pelo funcionário n.º XXX…”
    (Absolut science-fiction…)

  4. A Rodrigues diz:

    “fragile”, “parental advisory”, “explosive”, “certified”, “bio: natural grown”, “obtain medical advice”, “do not shake”, “expires on …”

  5. A Rodrigues diz:

    E numa reunião de pais.
    – “Não, o meu filho não porque é ISO 9000.”

  6. João Sá diz:

    Boa, boa.
    E tem os updates todos instalados.

  7. […] a Jaguar Depois de ter escrito isto e isto, ainda escrevo […]

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: