Desta vez não há penitência

Safaram-se. Os gatos ficaram sem penitência, a propósito da missa em honra do Magalhães.

A peça humorística gerou um total de 122 queixas junto da ERC, oriundas de telespectadores, segundo um comunicado ontem divulgado pelo regulador da comunicação social. 

No mesmo documento o conselho regulador da ERC afirma não lhe competir pronunciar-se sobre o “bom ou mau gosto dos programas”, admitindo que neste caso não encontra “a existência de qualquer referência susceptível de extravasar os limites à liberdade de programação, nem tendo sido ultrapassados os limites da liberdade de expressão e de criação artística”. 

Notícia daqui, a propósito deste sketch.
Anúncios

One Response to Desta vez não há penitência

  1. António de Albuquerque diz:

    Como os velhos são cada vez mais, também o número de “velhos do Restelo” tem tendência para aumentar. A capacidade de nos rirmos de nós próprios é uma lavar de alma e espírito. Não sejamos tão sisudos, tão senhores do nosso nariz, tão hipócritas. Ainda bem que há os “Gato Fedorento” e a “SIC”.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: