2009 mais difícil que 2008

Diz a TSF que o ano de 2009 será mais difícil que 2008. Alguém ainda tinha dúvidas quanto a isso? A notícia, aqui, só pode ser o facto de isto ter sido dito pelo director-geral do Fundo Monetário Internacional (FMI), Dominique Strauss-Kahn. Tudo o resto não é novidade.

Este senhor afirmou que «2008 foi um ano difícil para a economia mundial, mas em caso algum podemos esperar que 2009 seja melhor».

A minha opinião (de leigo), assim como as que vou ouvindo de outras pessoas, não diferem em nada. Até acrescentaria que 2010 também será pior que 2009 (do ponto de vista económico).

Mas não é tudo mau. O problema é que nos habituámos a ver o mundo apenas numa perspectiva económica. Onde deixámos a espiritualidade? Onde deixámos a (verdadeira) política? Onde deixámos as ideias? Onde deixámos as artes e a filosofia? Onde deixámos os pequenos prazeres do dia-a-dia e as coisas simples? Onde deixámos a tolerância, o respeito pelo próximo, a solidariedade ou a fraternidade?

Acredito que sem uma mudança profunda de paradigma, onde os números (e o dinheiro – que é um número) deixem de ser reis (ou mesmo deuses), cada ano e cada dia será mais difícil que o anterior. Mas, longe de mim uma visão pessimista ou apocalíptica!

A mudança é possível. A mudança dar-se-á, com mais ou menos sofrimento. Mas não antes de elegermos outro rei (deus) que não os números (onde o dinheiro é só o mais visível).

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: